Da esquerda para direita: Tião (Fábio Neppo), Joventino (Irandhir Santos) e Quim (Chico Teixeira). .

Peões de Joventino morrem em acidente

A dupla cômica da 1ª fase da novela remake de Pantanal, Quim (Chico Teixeira) e Tião (Fábio Neppo), terá um desfecho trágico numa das fazendas do patrão José Leôncio (Renato Góes/Marcos Palmeira). Zé será avisado da morte ainda nesta quinzena, no entanto, ainda não se sabe a causa. Os peões foram os braços direito do Joventino (Irandhir Santos).

Os peões de Zé na 2ª fase são Levi (Leandro Lima), Tibério (Guito) e Xereu Trindade (Gabriel Sater). Esse último, filho de Almir Sater (Eugênio, o Chalaneiro) surgiu na trama no sábado (7.mai.22).

Quim e Tião foram confiados, ainda no final da 1º fase, a cuidarem de uma das fazendas do bem-sucedido criador de gado.

Ari (Claudio Galvan) passará um rádio para Filó (Dira Paes) no pantanal avisando da morte de Tião, devido a um acidente. Quim falecerá logo depois, por causas desconhecidas. A companheira avisará Zé da triste notícia.  

Os papéis também fizeram parte da versão antiga de Pantanal, exibida em 1990 na Rede Manchete. Há 32 anos, quem vivia os encarregados de Zé Leôncio eram Ewerton de Castro e Marcos Caruso, respectivamente.

O texto original é de Benedito Ruy Barbosa, que para o remake conta com a escrita do neto dele, Bruno Luperi. A direção artística é de Rogério Gomes, o Papinha. 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s