Ao todo, 24 atrações artísticas participarão da primeira edição do Sarau que acontecerá, no domingo (3 ), no Parque das Nações Indígenas, das 16 às 20h, com entrada gratuita.

Com 24 atrações, Sarau no Parque inicia neste domingo em Campo Grande

Com música, teatro, manifestações populares, dança e exposições, o Festival Sarau de Cidadania e Cultura no Parque inicia às 16h do próximo domingo (3.jul.22) no Parque das Nações Indígenas em Campo Grande (MS). Ao todo, 24 atrações artísticas integram a abertura do Festival.

A programação completa foi divulgada nesta sexta-feira (1º.jul.22), pela Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura (Secic), patrocinadora do evento (veja abaixo).

O TeatrineTV contextualiza: o Sarau no Parque é um festival que terá 25 edições ( de julho a dezembro de 2022), financiado com recursos da “Cidadania” ao custo de R$ 3,5 milhões — verba essa que será administrada pela OSCIP: Instituto de Cultura e Desenvolvimento Solidário Máxima Social, da servidora pública de Santa Catarina, Larissa Crepaldi Dias Barreira. A Oscip pega o montante global para ‘organizar o festival’ em nome da Secic. Isso é: contratação de artistas, alimentação, transporte e toda a logística física de montagem de palcos e etc, são contratadas pela Oscip. A Secic fica com o papel de fiscalizar a execução. Essa é uma prática legal que ‘desburocratiza’ esses tipos de ações. Já mostramos aqui no TeatrineTV, entretanto, que apenas a Máxima acaba levando os certames em Mato Grosso do Sul há pelo menos 7 anos. A administração diz que a Oscip Máxima é a única que se inscreve.

SELEÇÃO DOS ARTISTAS

As primeiras 24 atrações do Sarau no Parque foram selecionadas por ordem de inscrição. Ainda estão sendo aceitas inscrições de artistas interessados — para fazê-la, clique aqui e preencha um dos formulários.

PROGRAMAÇÃO

De acordo com a Secic, no domingo, a animação no palco principal ficará por conta da banda Kzulo, e dos artistas Fernandinho Duarte, Maná do Céu, Nano Elânio, Kelly Zerial, Jerry Espíndola, Márcia e Thelma Cordeiro, todos da Música. Não está clara qual será a ordem de apresentação de cada um deles. A Secic divulgou cards com início das apresentações às 16h, sem definir que horas cada um dos músicos se apresentam. Veja abaixo:

Leo Mareco entrou na categoria de Artes Visuais, com a exposição de Lambe-Lambe:

Tatiana de Conto fará uma contação de história da “A Ararinha Ansiosa”, então, ela entrou na categoria ‘Teatro’. Nós não localizamos cards dela.

Rachel fará uma Performance, na categoria Drag/Show:

Grupo Memória fará uma roda para manifestação popular, integrando a categoria ‘Capoeira’. Nós não localizamos cards deles.

Também haverá stands dentro do Festival Sarau, com a exposição dos seguintes artistas:

Bia Barros, da Associação dos Artesãos do MS (Artems), Sindicato do Artesão MS, da Associação dos Microempreendedores do MS (AME), artistas da Praça do Artesão de Campo Grande (artesanato); Companhia Par (Oficina de dança de salão); Cleiton Ambrósio e Sulivan Terena (Moda e Design); Economia Criativa  e Escola Mães de Luz (Gastronomia); Wenceslau Oliveira com exposição de acervo (Artes Visuais); Coletivo Tarja Preta (Literatura) e Cinecafé (Audiovisual). 

O objetivo do evento, como já disse o secretário de Cultura, Eduardo Romero, é democratizar e integrar ainda mais a arte e a cultura às políticas públicas de cidadania que a Secic desenvolve. “O sarau é a oportunidade de um espaço que versa sobre a ocupação dos espaços públicos, parques da cidade, que são locais que precisam ter opções de atividades de cultura e lazer, integração social e, também, de ressignificação dos encontros, principalmente nesse período de quase pós-pandemia”.

FESTIVAL

Além do próximo domingo (3), estão previstas outras quatro edições do sarau em julho, nos dias 10, 17, 24 e 31. A Secic está com o credenciamento de artistas abertos. Os interessados devem  preencher o formulário de inscrição simplificado que está disponível no site www.secic.ms.gov.br, clicando no banner relacionado ao evento. O cachê é nivelado, de R$ 1 mil, por ações de 15 à 25 minutos no caso de ações de palco. As exposições ficam com os lucros das vendas dos seus produtos, sem ônus.

Fizemos uma reportagem em vídeo onde Romero explicou que o Festival acontecerá de julho a dezembro. Veja AQUI.

Dúvidas e informações podem ser sanadas por meio do telefone (67) 3316-9321 ou e-mail, saraunoparque@secic.ms.gov.br.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s