MS é considerado um dos mais sofisticados locais do planeta para se ‘passarinhar’ (observar pássaros), tendo uma das mais ricas faunas do país. Na observação desse espetáculo, Adilson Schieffer compôs sua nova exposição. #teatrinetv

Adilson Schieffer realiza Vernissage da exposição ‘Pássaros do meu quintal’

Adilson Schieffer, realizara uma Vernissage (pré-estreia) às 19h desta quarta-feira (6.jul.22) para sua nova exposição “Pássaros do meu quintal”, na Galeria de Vidro, ao lado da Esplanada Ferroviária, Rua Calógeras, em Campo Grande (MS). Evento apresentará novas 15 telas e 5 gravuras. Eis a íntegra.

Ele é um dos 21 artistas contemplados no 1º Prêmio Ipê Artes Visuais e recebeu incentivo de R$ 5 mil da Secretaria de Cultura e Turismo de Campo Grande (Sectur).

​Da série​ -​ ​Pássaros do meu quintal​- ​70 – 146 cm​ – Óleo e acrílica sobre tela​ ​- 2022

Com 40 anos de carreira, Adilson é um dos mais respeitados artistas visuais de Mato Grosso do Sul (MS). Natural de São Manuel (SP), mora em Campo Grande desde 1983. Nos últimos anos, vive em uma tranquila chácara na área semiurbana da Capital. Foi nesse ambiente que ele confeccionou suas pinturas, originadas a partir da observação de pássaros do cerrado pantaneiro.   

Esse é Adilson Schieffer. Foto: Divulgação
Exposição de arte ‘Pássaros do meu quintal’ de Adilson Schieffer terá evento de abertura nesta quarta-feira. Foto: Divulgação

MS é considerado um dos mais sofisticados locais do planeta para se ‘passarinhar’ (observar pássaros), tendo uma das mais ricas faunas do país. São 630 espécies de aves catalogadas, 32% das existentes no Brasil, sendo que duas delas não existem em nenhum outro lugar do mundo: rapazinho-do-chaco e tiriba-fogo.

Formado em Arte Educação, Adilson iniciou a vida como Cenógrafo da TV Educativa, onde trabalhou por 7 anos. Possui vários prêmios em salões de arte e atuou como curador da galeria de arte da TV Educativa de MS. Também é fundador da Unidade Guaicuru de Cultura e sócio membro da Associação dos Artistas Plásticos de MS.

Da série Pássaros no meu quintal
66 X 106cm
Técnica mista: óleo e acrílica s/tela
2022

Em sua nova exposição, ele volta às origens, pincelando o amor pela vida, a natureza e a arte.

Da série Pássaros no meu quintal
55 X 71cm
Técnica mista: óleo e acrílica s/tela
2022

Conhecido pela marcante técnica que envolve riscos em baixo relevo, assim como a produção de tintas de pigmentação natural e diversas técnicas gráficas. Adilson pesquisa sobre o povo Guaicuru e sua convivência com os Kadiwéus. Participou de movimentos e mostras artísticas locais, como a Unidade Guaicuru, coletivo que fundou com o amigo e parceiro artístico Henrique Spengler.

Esse é Adilson Schieffer, que lança hoje a exposição "Pássaros do meu quintal"
Esse é Adilson Schieffer, que lança hoje a exposição “Pássaros do meu quintal”

A EXPOSIÇÃO

Da série Pássaros no meu quintal
15,5 X 146cm
Técnica mista: óleo e acrílica s/tela
2022
Da série Pássaros no meu quintal
15,5 X 146cm
Técnica mista: óleo e acrílica s/tela
2022

A exposição terá quinze pinturas em óleo sobre tela e cicno gravuras, em que a temática revela a delicadeza da observação do artista sobre os pássaros, de que tanto gosta e conhece, presentes com uma diversidade incrível em seu lar.

A delicada presença dos pássaros, com cantos, plumária multicolorida, costumes e ciclos reforçam a forte conexão de Schieffer com a natureza, expressa de diferentes formas em sua vida cotidiana neste nosso quintal, o incrível Cerrado-Pantanal.

Os pássaros retratados, longe do óbvio realismo, são apresentados quase como entidades, animais de força, seres que tornam nossa estadia pelo planeta possível, amorosa e encantada.

OFICINA

Além da exposição, haverá a realização de 2 oficinas ministradas em contrapartida ao Prêmio Ipê para crianças e adolescente de escolas públicas da capital. Os estudantes serão levados a refletir em suas investigações estéticas sobre os pássaros do Pantanal. Para  as oficinas foi pensado o ensino da técnica de monotipia sobre papel, onde Adilson deve compartilhar com os alunos sua experiência e técnica em desenho e, dessa  maneira, eles poderão continuar desenvolvendo sem grandes dificuldades, com materiais que estiverem à mão, como pigmento/ tinta acrílica ou guache, suporte em vidro ou acrílico e papel sulfite.

SOBRE O 1º PRÊMIO IPÊ DE ARTES VISUAIS 

Aberto no dia 30 de setembro de 2021, o edital com caráter de premiação previa a seleção de dezenas de artistas locais para serem contemplados com R$ 5 mil cada. Foram devidamente habilitados 21 inscritos, espalhados entre dez categorias diferentes: pintura, gravura, escultura, fotografia, instalação, performance, projeção mapeada, grafite, artes visuais e tecnologias.

Poderiam participar do certame pessoas físicas e jurídicas que tivessem atividades realizadas no segmento há, no mínimo, três anos. Para o secretário municipal de Cultura e Turismo, Max Freitas, a atual etapa do Prêmio Ipê representa a concretização do objetivo de levar mais arte para os campo-grandenses e fomentar a cena artística local.

“Queremos aproximar a população dos artistas locais e, quem sabe, fazer com que as pessoas passem da contemplação para a prática. É uma grande conquista da nossa gestão poder ter recursos para pagar os nossos artistas.  Nosso desejo é que o Prêmio Ipê incentive artistas novos e mais experientes para que se profissionalizem e continuem a oferecer cultura para a nossa cidade”, disse Max.

As exposições serão realizadas em dois locais: na Galeria de Vidro, localizada dentro do Complexo Cultural da Esplanada Ferroviária, e na Morada dos Baís, que reabre suas portas para o público após um período de reformas. Cada artista terá suas obras expostas pelo período de 15 dias.

SERVIÇO

Exposição “Pássaros do meu quintal” de Adilson Schieffer acontecerá na Galeria de Vidro/ Esplanada Ferroviária Rua Calógeras, 3015.

Vernissage: 06 de julho de 2022, às 19h.

Período expositivo: 07 a 21 de julho de 2022, das 7h30 às 19h30.

A Produção é da Pasárgada Arte e Cultura.

De acordo com sua assessoria, as telas podem ser adquiridas por meio do telefone 67 99852-6927 – Caroline Garcia.

Um comentário

  1. […] O ‘multiartista’ Anderson Bosh realiza às 19h desta terça-feira (26.jul.22), o vernissage de abertura de sua exposição “Demiurgia” – série: ExerSexies, na Galeria de Vidro, Avenida Calógeras, Centro de Campo Grande (MS). Ele é um dos artistas premiados no 1º Prêmio Ipê de Artes Visuais, da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur). Mostramos aqui no TeatrineTV, recentemente, a exposição de abertura do prêmio. […]

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s