Lançamento: 21º Festival de Inverno de Bonito – Auditório do Bioparque Pantanal. Foto: Marithê do Céu

Em ano eleitoral, FIB de R$ 10,4 milhões começa na quinta (25.ago); veja a programação

​O 21º Festival de Inverno de Bonito começa na quinta-feira (25.ago.22). Com o tema “Um mergulho no imaginário”, pós-pandemia e em ano eleitoral, a edição promete arte, cultura, turismo e meio-ambiente, em sua programação milionária de 4 dias — de 25 a 28 de agosto.

Estão sendo destinados R$ 10,430 milhões para o Instituto de Cultura e Desenvolvimento Solidário Máxima Social apoiar a realização do festival. A íntegra.

Essa mesma Oscip, presidida pela funcionária pública de Santa Catarina, Larissa Crepaldi Dias Barreira, recebeu R$ 6 milhões para realizar a 16ª edição do Festival América do Sul Pantanal neste ano. Ainda em 2022, Larissa detém um contrato de R$ 3,5 milhões para realizar o Sarau no Parque, da Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura (Secic), do governo de Reinaldo Azambuja (PSDB). A Oscip é invicta nesse tipo de concorrência cultural ao longo dos 7 anos de governo tucano.

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) fez o chamamento público para as Oscips na sexta-feira (3.jun.22), àquela altura, segundo fontes ouvidas pelo TeatrineTV, já vinham sendo discutidas contratações para a 21ª edição do FIB, mesmo não tendo ainda sendo definida a ganhadora: “É que meio que já sabem quem vai ganham”, confessou uma fonte, que terá o nome preservado. Acontece, que ao que todos e todas sabem, essa é a única Oscip qualificada para se inscrever nos certames há quase uma década.

Apesar de já estar no mercado do 3º setor desde 2008, o TeatrineTV revelou a precariedade do apoio prestado pela Máxima Social ao Festival América do Sul Pantanal (Fasp) 2022 — relembre aqui.

Em conversas com a reportagem, Larissa justificou que havia contratado apenas “6 pessoas”, por isso foi difícil a prestação de serviços ao Festival. “Quem lhe passou as informações tbm te disse que trabalhamos em plantão de 20 horas por dia durante 7 corridos em Corumbá, em uma equipe de seis profissionais para realizar os processos de pagamentos dos interventores internacionais, nacionais e locais (Corumbaenses)???? De forma correta, e com toda burocracia que se faz necessária pelo zelo com o Recurso Público (sic)”, respondeu ela por mensagem em 7 de junho. Na mesma mensagem, Larissa completou: “[lhe disseram] Que já fizemos um mutirão de 12 horas seguidas de pagamentos na sede da FCMS??? Que com 4 dias de término do XVI Festival América do Sul Pantanal 80% dos processos de pagamentos já foram feitos da forma correta???? E que seguimos com uma central de pagamentos e apoio (ajudamos até na descrição da NF para que tenho os dados exigidos na NF) todos os dias à disposição dos prestadores de serviço??? (sic)”, respondeu ela, claramente nervosa com o repórter. Larissa havia sido questionada sobre a exigência de que artistas contratados em Corumbá viajassem até Campo Grande, por conta própria, se quisessem receber pelos serviços prestados ao Fasp. Após os questionamentos do jornalista, uma equipe acabou sendo deslocada até Corumbá para pagar os artistas in-loco. Sobre a quantidade de pessoal contratado pelo Fasp, Larissa foi confrontada de que havia recebido recursos suficientes para contratar uma equipe robusta, mas ela apenas respondeu: “Conversamos em juízo colega! (sic)”, finalizando a conversa em 7 de junho.

A expectativa dos artistas, principalmente dos regionais, é que os organizadores não repita na 21ª edição do FIB, o que eles classificam como “descaso” com a arte sul-mato-grossense, ocorrido no 16º Fasp.

Essa edição do FIB 2022 também encerra 7 anos de uma gestão precária para cultura sul-mato-grossense. Ao longo de seus dois mandatos, Reinaldo Azambuja nomeou uma dentista (Mara Caseiro) e um agricultor do ramo de pastagens (João Censar Mattogrosso) para a pasta da Cultura, que durante 3 anos não teve sequer uma Secretaria. As nomeações renderam uma desestruturação Sistemica Estadual de Cultura, onde os principais festivais que integravam a agenda cultural do estado foram descontinuados.

Em 2022, por meio de articulação e pressão de colegiados de teatro e circo, foi resgatado pelo coletivo em conjunto a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, o Festival Boca de Cena, que havia sido descontinuado em 2018. Além desse, em 2022 o governo já realizou o Fasp e agora o FIB.

Esse FIB, inclusive se difere dos demais por ser um orçamento bem superior ao último realizado em 2019, que girava em torno de R$ 6 milhões. Vale observar, porém, que os artistas estão sendo melhor remunerados nesta edição do festival, o que é positivo, apesar de tardio.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO 21º FESTIVAL DE INVERNO DE BONITO

Artistas animam o lançamento do 21º Fib 2022, no Aquário do Pantanal. Foto:  Álvaro Herculano

O festival é realizado na cidade turística de Bonito — a 297 quilômetros da Capital.

A programação começa na quinta (25.ago) às 9h, com Cultura de Rua, Graffiti – Live Painting que confirmou os seguintes grafiteiros de Mato Grosso do Sul: Thais Maia, Pedro Vasciaveo e Pedro Morato. Também ha um grafiteiro paulista confirmado: Kuêio.

Eles farão as artes no muro Centro de Múltiplo Uso (CMU), na Av. Paulo VI, 50 – Bnh (Vila Recreio, Jardim Andreia). Cada um deles tem um espaço de 10×3 metros na construção. Eles devem encerrar a pintura até as 17h, segundo o cronograma.

Também na quinta (25.ago), na sede do Sebrae no município, na Rua Cel Pilad Rebua, 2480 – Bnh (Vila Recreio, Jardim Andreia), estará acontecendo das 9h às 12 uma Rodada de Negócios da Moda.

Oito lojistas do varejo da moda nacional se encontrarão com produtores de moda autoral de MS. “O evento é uma excelente ferramenta para criar networking, conhecer outras instituições e formar parcerias. É também uma forma de oxigenar a carteira de fornecedores e clientes. Foram abertas oito vagas para empresários do setor artesanal de todo o País com a finalidade de intercâmbio entre eles e os produtores de moda de Mato Grosso do Sul, favorecendo o escoamento da produção do Estado”, garante a Fundação de Cultura, proponente do encontro.

Na quinta (25.ago), às 16h na Praça da Liberdade, no Centro da Cidade, haverá apresentação do espetáculo de dança “Os Superficiais”, da Cia ETC, do Pernambuco.

O grupo diz que o espetáculo é fruto de uma investigação dos tipos de relações estabelecidas no mundo pós-moderno, marcado pela superficialidade nas interações sociais. A montagem retoma as memórias pessoais de seus bailarinos e bailarinas para propor uma obra, um jogo ou uma brincadeira que aposta na tão recorrente exposição pessoal, na cópia compartilhada como original, na velocidade da informação, na superficialidade do conteúdo, na interrupção das ação e na dificuldade de manter um só foco de atenção. Marcelo Sena é produtor e artista no Cia ETC, Filipe Marcena (artista), Iara Campos (artista) e Iara Izidoro (artista).

Às 17h30 da mesma quinta (25.ago) será realizado o Desfile das Marcas, por Anderson Bosh – Coleção Frida Lídia Kahlo; Fabio Mauricio (F. M.) – Coleção Balneário Tropical; Fábio Castro (Touché) – Coleção Recortes Touché; Nair Gavilan (Roupável) – Coleção Rios e Vazantes; Emília Leal – Coleção Arte Nativa; Bocaiúva (Eduardo Alves) – Coleção Um Olhar Para o Cerrado; Fabi Rezek (Mi Corazón) – Coleção Pantanal de Mi Corazón; Lidiane Lopes (Lidylo) – Coleção Mulher da Fronteira; Luiz Gugliatto – Coleção Why Not By Gugliatto e Lauren Cury – Coleção Estampe-se.

O desfile acontecerá na Praça da Liberdade. Os realizadores dizem que no desfile é a narrativa das marcas e irá contar a história da inspiração e da maneira como foram desenvolvidas as coleções participantes. “Junto com as roupas, a ideia é passar um conceito, trabalhar tendências e, principalmente, criar desejo nos consumidores”, explicam.

Será montado na praça uma passarela para a exibição das dez marcas de roupas autorais do MS selecionadas para este evento. Os looks completos das novas coleções serão exibidos para o público por modelos da própria cidade de Bonito.

Às 17h40 da quinta (25.ago) a Cia Apoema (MS), apresenta “Apoeme-se – Intervenção Circo-Poética”, na Fundação CSN Cultura Garoto Cidadão, Pérsio Schamam, 645 – Centro.

Com a direção Coletiva e atuação de Nathália Maluf, Nilcieni Maciel e Roberto Pimenta. Produção e Imagem: Wirlan Martins (Duka Produções). Operação de luz e som: Junior de Oliveira

O grupo explica que Apoeme-se fala de vida e não-morte, de uma espécie de parto-renascimento entre tantas idas, vindas e caminhos de nós mesmos. É o trabalho mais recente e inédito da Cia Apoema, que (re)nasce agora na cidade de Campo Grande (MS) contando com novos integrantes que dão a luz nessa obra de concepção coletiva e uma dramaturgia que alinha o teatral sob a poética circense.

Às 18h30 da quinta (25.ago) haverá a apresentação do espetáculo de teatro “Sinapse Darwin”, do grupo Casa de Zoé, de Rio Grande do Norte. O palco será na Praça da Liberdade.

Na sinopse, o grupo diz que o espetáculo impregna os sentidos com imagens sonoras e visuais organizadas tempo-espacialmente para conduzir o espectador por uma viagem alegórica pela memória e história de Charles Darwin, evolucionista britânico que, por seu legado à ciência, é celebrado pelos artistas da potiguar Casa de Zoé.

O Roteiro, dramaturgia e direção é de César Ferrario. Estão no elenco: Titina Medeiros, Nara Kelly, Múcia Teixeira, Caio Padilha, Dudu Galvão, Igor Fortunato, Toni Gregório e Yves Fernandes. Estão na contrarregragem: Juca Santos e Flávio Torreão. A direção musical é de Caio Padilha. Iluminação e Coordenação técnica é assinada por Rogério Ferraz.

Também às 18h30 da quinta (25.ago), estrá aberta na Praça da Liberdade, a Pop-Up Store “Da Passarela, Direto Para Seu Guarda Roupa”.

Pop-up Store é uma tendência de abrir espaços de vendas de curto prazo. Por se tratar de uma experiência diferente oferecida ao público, o engajamento das pessoas costuma ser maior. “Da passarela, direto para seu guarda roupa” trará descontos especiais e formará novas relações entre as marcas e o público, já que as pessoas conseguem ver de forma clara a identidade da marca, os valores que ela quer transmitir e como são os produtos. Além de viabilizar a moda da passarela para quem se encantou com o desfile

Às 19h30 da quinta (25.ago), será o momento da Cerimônia de Abertura do XXI Festival de Inverno de Bonito. O evento será oficialmente aberto no Palco das Artes Cênicas, instalado na Praça da Liberdade.

Às 20h30 da quinta (25.ago), inicia o show “Canta Bonito”, do Coletivo de Artistas de Bonito (MS). A apresentação acontecerá no Palco das Águas, instalado na Rua General Osório com Pilad Rebuá.

Às 21h50 da quinta (25.ago), também no Palco das Águas, na Rua General Osório com Pilad Rebuá, acontecerá o show do sertanejo Daniel. Essa é uma das atrações nacionais. O valor do contrato é R$ 260 mil.

Às 23h30 da quinta (25.ago), acontece o show musical de Fred Oliveira, no Palco CMU, no Centro de Múltiplo Uso, na Av. Paulo VI, 50 – Bnh (Vila Recreio, Jardim Andreia.

Às 00h30 da quinta (25.ago), também no Palco CMU acontece o show da banda mato-grossense, Macaco Bong.

2º DIA DE FESTIVAL DE INVERNO DE BONITO – SEXTA (26/08)

Às 8h acontecerá a cerimônia de abertura do 2º dia de festival.

Deve ter início tambémas às 8h, na Câmara Municipal de Bonito, o II Fórum de Gestores e Dirigentes Públicos Municipais de Cultura de Mato Grosso do Sul. Nesse encontro, deve ser debatido principalmente quais são os passos para cada um dos 79 municípios garantir os recursos que serão disponibilizado por meio da Lei Paulo Gustavo, que destina pouco mais de R$ 40 milhões para estado e municípios em 2022.

Antes de eles iniciarem, porém, será aprsentado às 8h45 o Coral Vozes das Periferia, do grupo Instituto Maná do Céu para os Povos.

Na sequência, estão confirmados para palestrar no encontro:

9h – Zito Ferrari (MS) – A Cultura em Mato Grosso do Sul;

10h – Baldinir Bezerra Da Silva (MS) – O Papel do Gestor Público de Cultura;

10h45 – Pedro Ortale (MS) – Sistema Nacional de Cultura;

14h – Athayde Alves (MS) – Cerimonial Público e Eventos;

15h – Antônio José Ângelo Motti/Escola Gov (MS) – Conselhos nas Políticas Públicas – Papel, Atribuições e Competências.

A programação começa às 13h30 com o “Cadastramento Carteira do Artesão”, na Sala do Empreendedor, Rua Santana do Paraíso, 780 – Centro.

Enquanto acontece o evento na Câmara, das 9h/17h a Cultura de Rua, continua com o Graffiti – Live Painting, afim de concluir o mural no Centro de Múltiplo Uso (CMU), na Av. Paulo VI, 50 – Bnh (Vila Recreio, Jardim Andreia).

Às 13h acontece o show musical ‘Entender É Parede, Procure Ser Uma Árvore: Momento Raiz’, com Badu e Vadinha, Mariel Flores e Rhuan Carlos e Bandas, todos artistas de MS. O show acontecerá no Palco do Balneário Municipal.

Às 15h Raphael Vital também sobe ao Palco do Balneário Municipal para continuidade do show.

No mesmo horário, (às 15h), Carol Jordão estará realizando “Quem Conta um Conto Aumenta Um Ponto”, no Lounge Literário na Praça da Liberdade. No mesmo local, às 16h acontece a “Contação de Histórias”, comandada por Sandra Andrade.

Às 16h30 acontece o espetáculo de teatro “Gritaram-me Bugra!”, do Grupo de Teatro Liberdade PKR (MS), na Praça da Liberdade.

O espetáculo é encenado pelo grupo guarani kaiowá de Amambai (MS), Liberdade PKR – Pa’i Kuana Rendy, que significa Raio do Sol, conta a história de uma pessoa a margem da sociedade que, em seu anseio de revolta, se manifesta num misto de orgulho e tristeza de ser chamada de bugra, palavra esta que remete para muitos como inferior. A peça reflete sobre a violência contra os indígenas e o orgulho de ser quem é.

A direção é de Duadino Martines. No elenco estão: Alessandra Tavares, Cristiane Lossate, Athaieli Souza, Poliane Velasques, Letícia Duarte, Adeilson Gonçalves, Cauã Carlos, Gebessom Solano.

Às 17h30 acontece apresentação do espetáculo de dança “Brincos e Folias”, do grupo paulista Balangandança. Será realizado no Palco das Artes Cênicas, na Praça da Liberdade.

A Balangandança Cia. convidou o público mirim a apreciar e entrar na dança, fazendo do corpo brinquedo e da brincadeira dança. O espetáculo é o primeiro trabalho criado pelo grupo, em 1997.

A concepção e direção é de Georgia Lengos. São intérpretes criadores: Dafne Michellepis, Clara Gouvêa, Alexandre Medeiros, Anderson Gouvêa. A criação original é de Dafne Michellepis, Anderson do Lago Leite, Lílian Vilela, Cristian Duarte. Assina o figurino: Balangandança Cia. Tubos: Washington Santana. Edição de trilha sonora: Kito Siqueira. Operação de luz: Silviane Ticher. Operação de som: Coré Valente e Georgia Lengos.

Às 18h acontecerá o show de música eletrônica ‘Techno Stage’. Serão os DJs: André Garde e Fabrício Gabi, ambos de MS. Também comandará o som, Anderson Noise, de Minas Gerais.

O show será na MS 382, em frente à Rádio Bonito FM.

Às 18h30 acontece no Palco da Liberdade, a apresentação musical LGBTQIA+ de “Beca e Gaia Arte”, de MS.

Evidenciando o trabalho de mulheres LBT+, Beca Rodrigues & Gaia Arte surge para ressaltar a importância da inclusão de ritmos enquanto música popular brasileira, tendo em vista a pluralidade do conceito de “população”. O show contará somente com músicas autorais escritas e tocadas por mulheres que vão expor seus sentimentos e sensações através da arte, unindo música e performance em cima do palco. Um registro único que dará visibilidade a existência artística e social de um projeto cultural de forte representatividade LBTQIA+, algo totalmente necessário no contexto culturalmente homogêneo e conservador sul-mato-grossense.

Também às 18h30 inicia na Câmara Municipal de Bonito, a exibição do documentário “O Dom do Vale”, de 34 minutos. A p´rodução é de Ivinhema (MS)

A partir da montagem da peça Dom Quixote de La Mancha é feita uma viagem nos 18 anos de existência da Fundação Nelito Câmara, com o personagem revisitando a história e os principais feitos da instituição, que trabalha na formação e realização cultural de MS.

Roteiro e Direção são assinados por Ricardo Pieretti Câmara, com Supervisão Artística de Joel Pizzini. Produtora Executiva –  Juliana Domingos, Montagem – Sofia Guimarães, Ator: Renan Haverroth.

Às 19h também na Câmara Municipal de Bonito será exibido o drama-experimental, de 10 min 51 seg, “Posses”. O filme é uma produção de Nova Andradina.

O curta-metragem experimental é derivado de um monólogo escrito pela artista nova andradinense Mary. É composto por uma declamação poética, acerca das experiências vividas pela artista, versando sobre relacionamento abusivo, maternidade e os problemas estruturais que assolam a vivência de mulheres no Brasil e no mundo. Assim, o curta mostra, de forma literária, as consequências resultantes de um relacionamento abusivo, onde a personagem, para ser a pessoa que é, precisou ser muitas outras versões de si mesma, vestindo-se de vários vestidos que ora não cabia, ora ficara grande demais em seu corpo.

Ficha Técnica: Produção – Trap Media, Direção – Rodrigo Souza, Direção Executiva: Nayara Machado, Roteiro – Rodrigo Souza, Direção de Fotografia – Bruno Seleguim, Edição e Montagem –  Bruno Seleguim, Estrelando –  Mary, Participação Especial – Patrícia Fernanda Miguel Ferreira, Maquiagem e Cabelo –  Karina Rodrigues, Apoio –  Projeto Audiovisual Gema, Alice Joias e Presente

Às 19h também estará acontecendo o espetáculo circense “Yoyo”, do argentino Sbastian Godoy. A apresentação acontecerá no Palco das Artes Cênicas, na Praça da Liberdade.

A história de “Yoyo”: Um baú cheio de jogos e sonhos para nos ensinar quem somos, para não esquecer a criança que há em nós e a capacidade de admiração, engenhosidade, criatividade, o que originalmente nos faz nós mesmos. Jogue apenas pela diversão de jogar. Yoyo é uma aventura sobre nós mesmos, sobre as profundezas do eu, sobre o compositor que todos nós temos dentro, sobre originalidade, não no sentido do que é novo, mas do que é totalmente e originalmente nós mesmos.

Texto, argumento, direção e atuação: Sebastian Godoy. Produção: Nilcieni Maciel.

Às 20h acontecerá na Fundação CSN Cultura Garoto Cidadão, na Rua Pérsio Schamam, 645 – Centro, a aprsentação do espetáculo teatral “Pobre diabo Louco e seu discurso para moscas”, do Grupo Palco.

A história do espetáculo: Praculá Makob, um indigente que anda perdido pelo Brasil, sonha em chegar ao Distrito Federal e falar com o Presidente da República e assim vai, caminhando de cidade em cidade. Texto crítico e atual, apesar de ter sido encenado pela primeira vez há 25 anos, traz em cena, Espedito Di Montebranco. Ele interpreta um sonhador, uma metamorfose humano-lobisomem, um ser desprovido de estudo, residência fixa e até de amor, pois nas andanças descobre que a solidão é sua única companheira, assim, calado percebe que as dores preconceituosas do credo, cor e raça se agarram a ele como a própria sujeira que lhe é peculiar.

Texto, direção e encenação: Espedito Di Montebranco. Operação de Sonoplastia: Claudeir Dilly. Operação de luz: Bruno Moser Canhete.

Às 20h30 acontecerá o show musical de Bianca Bacha, Lauren Cury e Karla Coronel que “Cantam Azaira E.”.

O show será na Palco das Águas, na Rua General Osório com Pilad Rebuá. Às 21h50 sobe também aos Palco das Águas, a artista Gaby Amarantos.

Às 23h30 o artista pop Julio Ruschel realiza show musical no Palco CMU, no Centro de Múltiplo Uso, Av. Paulo VI, 50 – Bnh (Vila Recreio, Jardim Andreia).

Às 0h10 acontece o “Slam” de Ale Coelho, também no Palco CMU.

Às 0h30 sobe ao Palco CMU, a artista baiana Majur, para realização de show musical e fechamento da programação de sexta.

3º DIA DE FESTIVAL DE INVERNO DE BONITO – SÁBADO (27/08)

Às 8h continua o II Fórum de Gestores e Dirigentes Públicos Municipais de Cultura de Mato Grosso do Sul, na Câmara Municipal de Bonito.

Estão confirmados para palestrar nesse 2º dia de encontro:

8h30 – Solimar Almeida – Fundo de Investimentos Culturais (FIC);

9h15 – Andréia Freire – Elaboração de Projetos Culturais;

14h – Ana Ostapenko – Comunicação e Marketing para Eventos Culturais;

14h30 – Iara Marchioretto – Regulação de Saneamento Básico e Resíduos Sólidos – Experiência da Cultura Transformadora em MS;

15h – Edurado Romero – Secretário de Cidadania e Cultura;

15h45 – Plenária – Depoimentos e Assuntos Gerais – Agendamento e Temática do Próximo Fórum

17h – Encerramento com entrega de certificados

Enquanto ocorre o Fórum, seguem as atrações lá fora.

Pelo 3º dia, a Cultura de Rua sergue com o Graffiti – Live Painting, para finalizar uma enorme obra de arte no Centro de Múltiplo Uso (CMU).

Às 9h o artista João Rocha realiza o espetáculo circense “O Grande Salto”, que acontecerá na Feira Livre, na Rua 29 de Maio, 1090 – Bairro Alvorada.

O Grande Salto é um espetáculo de trampolim acrobático cheio tombos, cambalhotas e gargalhadas. Sendo um trabalho do artista João Rocha, que traz para o picadeiro o risco do circo e riso do palhaço.

Direção e atuação: João Rocha. Técnica circense e segurança: Junior de Oliveira. Figurinista e sonoplastia: Társila Bonelli

Às 10h Sandra Andrade comanda uma contação de histórias no Lounge Literário, montado na Praça da Liberdade.

Das 13h às 15h acontecerá o desfile “Parada Cultural”, realizado pela: Banda de Música Municipal de Bonito; Banda Marcial Municipal de Glória de Dourados; Banda de Percussão Municipal de Rochedo; Banda de Música Municipal de Porto Murtinho; Banda de Música Municipal de Camapuã e Banda de Música Furiosa Band/A.C – Nova Alvorada do Sul.

Eles sairão da Rua Cel. Pílad Rébua, partindo do cruzamento da Rua Monte Castelo até a Praça da Liberdade.

Às 13h estará ocorrendo ‘Entender É Parede, Procure Ser Uma Árvore: Momento Caule’. Seguido do show “Sejam Bem-vindos”, de Márcia Cordeiro e Banda. Com a participação especial de Telma Cordeiro.

Às 14h se apresenta a banda de Rock formada em 2013, residente na cidade de Bonito, ‘Tubarões do Rio Formoso”. O show será no Palco do Balneário Municipal.

Às 15h o show continua no Palco do Balneário Municipal com o duo “Vozmecê”.

Às 14h será realizado no Lounge Literário a apresentação “História Memória e Oralidade na Literatura Escrita Pelos Povos Indígenas”, com Olívio Jekupe (PR) e Gleycielli Nonato (MS).

O ativista e escritor guarani Olívio Jekupé, presidente da Associação Núcleo dos Escritores e Artistas Indígenas (Nearin) e um dos fundadores da Associação Guarani Nae’en Porã, encontra a autora e multiartista guató Gleycielli Nonato (MS) para uma discussão em torno do imaginário indígena e a literatura.

A mediação será feita por Fabiane Medina. O lounge fica na Praça da Liberdade.

Às 15h também no Lounge Literário, Carol Jordão comanda o encontro “Quem Conta um Conto Aumenta um Ponto”.

Também no Lonunge, às 16h a escritora Jaceguara Dantas, lança o livro “Jogos Educativos”. Com a participação de Thales Passos, Mariana Ramires e Mariana Hilgert.

A Companhia de Dança do Pantanal apresenta às 16h30 o espetáculo de dança “Migrantes”, na Praça da Liberdade.

“De quantos mediterrâneos são feitos nosso mundo? De quantas lutas épicas ou inglórias, calculadas ou precipitadas no seu fim, são feitos nossos gestos de acolhimento? Por quantas fronteiras eles devem passar? Quantos sonhos devem ser deixados ao lado dos naufrágios diários que têm de enfrentar? Quantos modos de namorar ou amar, rituais de milagres que lembrar seus avós, idiomas, cores de pele e registros de passaporte precisam ser tatuados nas decisões de aceitá-los ou não?”, diz a sinopse de Migrantes.

Às 18h o artista argentino Sebastian Godoy realiza uma 2ª apresentação do espetáculo circense Yoyo, dessa vez, no Distrito Águas do Miranda (MS).

Enquanto isso, às 18h no Auditório do Sebrae em Bonito acontecerá a palestra da alagoana Daniela Vasconcelas, com tema: “A Relação Artesanato e Design”. O auditório fica na Rua Cel Pilad Rebua, 2480.

A consultora de marketing Daniela Vasconcelos possui reconhecida atuação em ações de valorização da arte popular, cultura e artesanato. Com formação em curadoria educativa e gestão cultural, tem experiência em produção, elaboração e gestão de planejamento estratégico de marketing voltado para a área cultural, mapeamento e curadoria dos segmentos de artesanato e arte popular. Atualmente, é gestora do Programa “Alagoas Feita à Mão”.

Também às 18h estará acontecendo o show de música eletrônica, Psy-Trance Stage, com Dumbadunz Live (CG/MS); Finotti (DDO/MS); Teruah (BTO/MS); Rica Amaral (SP) e Futuristic Grow Live (BTO/MS).

O show será na MS 382, em frente à Rádio Bonito FM.

Às 18h20 acontece o Sarau Bixaria Literária, do Coletivo paulista “Bixa Pare”. O sarau será na Praça da Liberdade.

O Coletivo Bixa Pare é um coletivo artístico de São Paulo que possibilita criações de trabalhos em diversas linguagens que trazem como disparadores questões de identidades de gênero e orientação sexual. O coletivo realizou mais de 55 edições e com mais de 50 participações de artistas que encontraram no evento um espaço de troca da cultura LGBTQIA+s.

Ficha Técnica: Concepção: Coletivo Bixa Pare. Bixas Artistas: Drag Queen Melissa Babalu (Luan Afonso), Diego Castro, Oflopes e Kaya F. Vallim Produção Executiva: Diego Castro Produção: Castello Operador de som: Thiago Dias

Às 18h30 acontece na Câmara Municipal da de Bonito, uma sessão cinematográfica do filme de animação “Interiores”.

O curta-metragem de 4 minutos é baseado em uma história nos quadrinhos homônimos, “Interiores”, que fala sobre um homúnculo manchado que vaga por uma casa gigante onde vive com outros seres deformados. Sua rotina é interrompida, porém, quando encontra uma criatura diferente das demais.

Ficha Técnica: Roteiro, Produção, Direção Geral e Direção de Arte- Eduardo Azevedo, Assistente de Direção de Arte – Gabriel Quartin Arthur Ruiz, Animação Tradicional – Rafael Moreira, Trilha Sonora – Hígor Muller, Produção Musical – João Benitez.

Às 18h40 na mesma sala de cinema será exibido o filme-ensaio de 11 minutos: “Eu Temo Que Não Amanheça”.

O filho conta a história de um filho-neto que tece memórias sobre o embranquecimento do seu corpo preto.

Ficha Técnica: Direção de Fotografia – Gabriel Ribeiro, Produção – Fernando Filho, Produção Executiva – Raylson Chaves, Edição e Montagem – Cainã Siqueira e Luiz Felipe Sudorio, Edição e Mixagem de Som – Vitor Zan, Fotografia Still – Marianny Nantes, Maquiagem – Isabella Rodrigues

Às 18h45 será exibido também na sala de cinema na Câmara Municipal, o curta-metragem de ficicção de 13 minutos, “O Formoso”, que tem a direção de Roberto Leite. O filme narra a história de um destemido menino que descobre uma rinha de galo. Escondido dos apostadores resgate o galo com a vontade de salvá- lo.

Ficha Técnica: Roteiro – Luciana Bittencourt e Roberto Leite,  Elenco – Espedito de Montebranco, Denio Leite e Andréa Freire, Direção de Fotografia – Rodrigo Rezende e Thiago Akira, Direção de Produção: Caroline Merlo. Preparação de Elenco Infantil: Luciana Bittencourt,  Direção de Áudio – Kinho Guedes, Montagem – Roberto Leite, Animação: Wiliane Leite, Trilha Sonora – Otávio Neto, Produção – Tero Queiroz, Pablo Marques e Renato Zaar, Tradução: Luã Armando, Produtora Zion Identidade visual – NG Business Brand Studio, Fábio Ferreira da Silva e Tero Queiroz

Às 19h acontece um show musical do Projeto Kzulo. O show será no Distrito Águas do Miranda.

Às 19h a Cia Miragem, do Distrito Federal, realiza a apresentação circense “Mirage”, no Palco das Artes Cênicas, na Praça da Liberdade.

O espetáculo Mirage revela tanto a força humana quanto às potências do que não se vê, a capacidade de expressão dos sentimentos, vinculados à força da natureza e sua representatividade como um canal de comunicação presente em todos os seres. Ficha Técnica: Direção geral: Gustavo LeTruta. Direção circense: Lukas Martt. Elenco: Ana Amábile, Ju Maluf, Guilherme Victor, Juliana Campos, Lukas Martt, Noyanne e Regismara Mendes.

Às 20h acontece o espetáculo de dança “Encontro das tribos”, da Isa Yasmin Cida de Dança. A apresentação será na Fundação CSNCultura Garoto Cidadão, na Rua Pérsio Schamam, nº 645 – Centro.

“Encontro de Tribos” conta a história de mulheres que se encontravam nos Souks (Mercados à céu aberto), onde caravanas e tribos se encontravam para trocar mercadorias, vender e descansar da longa jornada. Mulheres vindas de vários locais, formavam uma roda e através de sua dança e música, contavam suas histórias, suas angústias, seus medos e vivências por onde passavam. A força do feminino reverbera em nossos corações e na nossa ancestralidade. Mulheres que carregam um legado de suas tribos e sua história. Um espetáculo contagiante com música ao vivo, com uma banda de percussão formada por mulheres que se revezam entre os cânticos, a música e as danças.

Às 20h30 Maria Alice canta no Palco das Águas. Pouco depois, às 21h50 sobe ao palco a atração nacional Vanessa da Mata.

Às 23h30 acontece o show da banda de rap indígena Bro MC’S. Eles se apresentam no Palco CMU, no Centro de Múltiplo Uso da Av. Paulo VI, 50 – Bnh (Vila Recreio, Jardim Andreia).

Às 00h30 acontece o show do rapper paulista Rincon Sapiência. Ele também se apresenta no Palco CMU, no Centro de Múltiplo Uso.

4º DIA DE FESTIVAL DE INVERNO DE BONITO – DOMINGO (28/08)

Às 8h acontece na praça da Liberdade o encontro “Educação e Meio Ambiente”, o “I Cãominhada e Encontro de Bem Estar Animal” e o “Desfile Pet Fantasia” comandado por Leo Duarte e Pet Vitória (SP).

Das 9h às 17h a Cultura de Rua finaliza a Graffiti – Live Painting no muro do Centro de Múltiplo Uso (CMU).

Às 10h haverão os lançamentos dos livros: Passarinhos no Quintal, de Suzana Arakaki; livro: “Alice no País do Fim do Mundo”, de Simone Mamede” e o lançamento do livro “Quira a Corujinha da Sorte, De que Era o Bercinho em Camalote no Rio Paraguai e Luzia e o Urutau”, de Maristela Benites.

Os lançamentos acontecerão no Lounge Literário, na Praça da Liberdade.

Das 13h às 15h estará acontecendo o 2º dia da Parada Cultural, com a Banda de Música Municipal de Bonito; Banda de Música Municipal de Jardim; Banda de Percussão da E.E 13 de Maio – Eldorado; Banda de Música Municipal de Paranhos; Banda de Música Municipal de Anaurilândia e Banda de Música Municipal de Naviraí.

Eles partirão da Rua Cel. Pílad Rébua, no cruzamento da Rua Monte Castelo até a Praça da Liberdade.

Às 13h estará ocorrendo também o show musical “Entender É Parede, Procure Ser Uma Árvore: Momento Folha”, com Mataguéw.

Às 14h Dj Victor Sherer – Hipnotium anima o público com show no Palco do Balneário Municipal. No mesmo palco, às 15h, o cantor Franke comanda a animação.

Às 14h estará sendo exibido na Câmara Municipal de Bonito o documentário de 41 minutos, “Entre Parágrafos e Terra Vermelha: A Leitura no Mato Grosso do Sul”.

O documentário é uma obra que busca, mesmo que de uma forma experimental, registrar como é a experiência ser um leitor sul-mato-grossense. Entendemos essa experiência a partir dos relatos emocionantes dos entrevistados, levando em conta o pensamento crítico e a leitura para além do senso comum: como ferramenta de transformação. Dentre os entrevistados estão alunos, professores e autores que vivenciam essa realidade no dia-a-dia, evidenciando as doçuras e as problemáticas encontradas no cotidiano da leitura literária do estado.

Ficha Técnica: Produção –  Aline Silva Vieira e Hemilly Silva, Direção – Hemilly Silva e Aline Silva Vieira, Roteiro –  Criação Coletiva, Assistente de Produção – Anny Beatriz e Emmanuelle Rosa, Câmera – Hemilly Silva, Direção de Fotografia – Aline Silva Vieira e Hemilly Silva, Direção de Som – Aline Silva Vieira, Emmanuelle Rosa, Divulgação – Hemilly Silva e Emmanuelle Rosa, Montagem –  Aline Silva Vieira, Arte Gráfica (geral) –  Aline Silva Vieira, Emmanuelle Rosa e Hemilly Silva, Arte Gráfica (capivara) – Larissa Pestana, Entrevistados –  Alisson Bueno, Ana Morais, Ana Sol Lobo, Bárbara Marthelly, Emmanuelle Rosa, Éveli Monique, Fernando Dib Bichara, Fran Ferre Conde, Heloísa Martins, Henrique Pimenta, João Alexandre, Juciano R. Professor, Larissa Pestana, Marcus Klinger, Ronilço Guerreiro, Silvia Miho, Thissiane Fioreto, Elenco (cenas) – Aline Silva Vieira, Ana Sol, Bárbara Marthelly, Éveli Monique, Guilherme Nascimento, Hemilly Silva, Julio, Kayo Eduardo, Lactose, Renata Figueredo, Maria Carolina Ferreira, Emmanuelle Rosa, Parceria – Biblioteca Municipal de Campo Grande, Daniel Livros Usados, Gibiteca, Maciel Livros Usados, Sebo Hamurabi, SECTUR, Synergia Nerd, + 5 Minutinhos Café. Financiamento –  Lei Aldir Blanc, Governo Federal, Ministério do Turismo, Prefeitura de Dourados, Secretaria de Cultura de Dourados.

Das 14h às 20h também estará acontecendo “Skateboard e Batalha de MCs” no Centro de Múltiplo Uso (CMU), na Avenida Paulo VI, 50 – Bnh (Vila Recreio, Jardim Andreia).

A cultura de rua é aberta, pública, de todos para todos. É a cultura da ocupação e apropriação dos espaços urbanos abraçando todas as formas de manifestação, sejam elas artísticas e performáticas ou esportivas. É também a cultura do respeito e, acima de tudo, da resistência. Nessa pegada, o FIB realiza o 6º Eco Skate e a 1ª Batalha do Sinhozinho.

Um campeonato de skateboard é uma batalha de MCs genuinamente sul-mato-mato-grossense com foco no protagonismo juvenil, empoderamento da quebrada e premiação em dinheiro.

Para competir, participar ou ter mais informações entre em contato com o whatsapp 67 99253-5955.

A produção é do Coletivo Black Drink e Coletivo Produza. A discotecagem é do DJ Shaba, haverá uma palestra comandada por Ênio CRX e MC Cruel. Atrações: Barba Ruiva e microfone aberto.

Às 15h será exibido na sala de cinema montada na Câmara Municipal, o documentário de 30 minutos “De Ontem em Diante – Sucata Cultural 4 Anos”.

O filme é um passeio pela memória dos fundadores e colaboradores do Instituto de Desenvolvimento Artístico e Social Sucata Cultural. Essa história só existe e pôde ser contada porque não é somente sobre o espaço em si, mas também sobre o grande e respeitável público: os alunos, as famílias, os artistas e os parceiros, que também fizeram desta a sua história. É sobre você, sucateiro e sucateira, que viveu o Sucata Cultural ontem, vive ele hoje e o viverá amanhã. E também é sobre você que ainda não conhece nosso espaço. Sejam todos e todas bem-vindas. “De ontem em diante”, esse é o Sucata nosso de cada dia!

Ficha Técnica: Direção e Roteiro – Antônio Júnior, Produção –  Punto Aureo Audiovisual, Realização – Sucata Cultural, Direção de Imagem – Tatiana Varela Besteiro, Assistente de Câmera – Wesley Prado, Depoimentos – Antônio Júnior, João Rocha, João Dias, Junior De Oliveira e Társila Bonelli, Convidado Especial (narração) – José Parente

Também às 15h, Carol Jordão comanda “Quem Conta um Conto Aumenta um Ponto”, no lounge literário na Praça da Liberdade.

Às 15h40 na sala de cinema da Câmara Municipal será exibido o filme experimental de 30 minutos, “Síncope”.

Síncope apresenta sinais iminentes do estado  humano. Assim como a visão, as passagens ocasionais do filme escurecem os corpos que revelam dois lados. Como a audição revela uma dicotomia diegética e extradiegética ruidosa estabelecendo o estranhamento e potencializando a loucura e a dor. O lado de dentro, o inconsciente do passado traz para fora o presente com lapsos e tempo cíclicos de memórias. E o lado de fora traz para a realidade o calor, as lágrimas, o suor e a palidez de princípios soterrados em um buraco social. O ser adormecido ou acordado, durante dias ou noites em um espaço obscuro cultua  histórias opressoras para um corpo amordaçado.

Ficha Técnica: Com Luanda Sant’ana e Pedro Duarte Farias, Direção – Cadu Modesto e Adriano Paes, Fotografia – Cadu Modesto e Gustavo Carneiro, Arte – Luís Catarino, Produção – Odulio Gonçalves, Iluminação – Jorge Nilson, Trilha Sonora  – Hélio Castelhano, Produção – Xaraés, Co-produção – Rococoth e Estúdio 438.

Às 16h15  acontece uma sessão cinematográfica “Mostra Infantil”, quando será exibido o filme de curta-metragem de ficção “Moleque”.

Inspirado no Chaves, uma das séries de maior sucesso da TV no mundo, o curta-metragem conta a história de Moleque, um menino de rua de dez anos que vive atrás de comida. Um dia ele conhece Soneca, um vendedor de churros mais velho, que ao ver o garoto andando descalço, resolve dar um par de botas de presente para ele. Mas ao levar Moleque para a vila onde mora, Soneca passa maus bocados com as travessuras do menino. “Moleque” foi rodado em Minas Gerais, numa vila no Santa Efigênia.

Ficha Técnica: Direção e Roteiro – Marcos Pena, Fotografia e Finalização – Marcello Marques, Produção Executiva –  Tatiana Alves

Curadoria: Oderval Junior do projeto Noite de Cinema (MG)

Conheça o projeto: http://www.noitedecinema.com.br

Às 16h30 será apresentado o espetáculo de teatro “Navegantes – Uma viagem pelos rios brasileiros, do grupo Deslimites. A aprsentação será na Praça da Liberdade.

Douralis, uma  peixinha muito curiosa, que vive num corixo, onde a natureza é preservada, sonha conhecer o mar. Jacaléguas, seu melhor amigo, vai junto, mas inseguro e medroso, logo desiste da aventura. Sozinha na imensidão das águas, Douralis vai viver muitas experiências! Vai se divertir, fazer novas amizades e descobertas numa perigosa aventura pelos rios brasileiros.

Texto e direção: Lu Bigatão Rios. Elenco: Fernanda Kunzler e Fábio Umeda. Músico: Ewerton Goulart Produção: Iago Garcia (Lauresto Garcia). Direção Musical: Gustavo Vargas. Direção de Arte: Anderson Bosh. Confecção Bonecos e Cenário: Wilson Motta

Às 16h45 acontecerá a exibição do filme infantil “Melhor Som do Mundo”, na sala de cinema da Câmara Municipal.

Vinicius não coleciona figurinhas, nem carrinhos, nem gibis. Ele coleciona algo que não pode ser visto nem tocado. Vinicius coleciona sons do mundo. Mas essa não é uma tarefa fácil, especialmente quando se decide encontrar o melhor de todos: o melhor som do mundo. Em sua busca, Vinicius irá descobrir que o melhor som do mundo está muito mais perto do que o esperado.

Ficha Técnica: Direção – Pedro Paulo de Andrade, Direção de Produção – Amina Jorge, Direção de Fotografia – Kauê Zilli, Montagem – Pedro Paulo de Andrade e Lia Kulaskauskas

Depois será exibido o filme infantil “4 Bilhões de Infinitos”, também na Câmara Municipal.

Uma família vive com a energia de casa cortada. Enquanto a mãe trabalha, seus filhos ficam em casa conversando sobre ter esperança.

Ficha Técnica: Direção – Marco Antônio Pereira

Às 17h integrando a mostra infantil será exibido o filme “Cor de Pele”: Kauan é um menino albino de 11 anos. Nascido de pais negros, ele descreve de forma lúdica e espontânea a rotina do dia a dia com sua família. Mesmo com todas as limitações, ele quebra barreiras.

Ficha Técnica: Direção – Lívia Perini

Às 17h20 ainda na mostra infantil será exibido o filme “Médico de Monstro”: Dudu já escolheu sua futura profissão, agora terá que enfrentar seus medos para se tornar um médico de monstros.

Ficha Técnica: Direção – Gustavo Teixeira

Às 17h30, integrando a mostra infantil, será exibido o filme “Baile”: Há certos dias que, mesmo sem grandes acontecimentos, nos forçam a crescer. Andrea tem só dez anos e talvez ainda não perceba que seu dia foi assim.

Ficha Técnica: Direção – Cíntia Domit Bittar

Às 17h40 será apresentado o espetáculo de teatro “O Auto da Compadecida”, do grupo Maria Cutia, de Minas Gerais. A apresentação será na Praça da Liberdade.

As aventuras de João Grilo e Chicó que começam com o enterro e o testamento do cachorro do Padeiro e de sua Mulher, passando pelo gato que descome dinheiro, e acabam em uma epopeia milagrosa no sertão envolvendo o clero, o cangaço, Jesus, Maria e o Diabo. Ficha Técnica: Concepção e direção: Gabriel Villela. Texto e dramaturgia: Ariano Suassuna. Assistente de direção: Lydia Del Picchia. Elenco: Leonardo Rocha, Hugo da Silva, Mariana Arruda ou Jimena Castiglioni, Dê Jota, Malu Grossi, Marcelo Veronez e Polyana Horta. Direção musical: Babaya, Fernando Muzzi e Hugo da Silva. Iluminação: Richard Zaira e Pedro Paulino (CiaTecno).

Às 18h haverá exibição do filme infantil “Cores e Botas”, uma ficção de 16 minutos que conta a história de Joana, que tem um sonho comum a muitas meninas dos anos 80: ser Paquita. Sua família é bem sucedida e a apoia em seu sonho. Porém, Joana é negra, e nunca se viu uma paquita negra no programa da Xuxa.

Ficha Técnica: Direção – Juliana Vicente.

Às 18h acontece aprsentação do espetáculo circense “Iludidamente”, com Everton Machado.

Iludidamente é um espetáculo de mágica cômica, interativo que mistura clássicos da mágica em releituras atuais e novas criações do gênero. Um espetáculo para toda a família se surpreender e dar boas risadas, participando e mudando os rumos do que vai acontecer.

Direção e atuação: Everton Machado Rezende. Produção: Angela Salvatini Fakir. A apresentação será no Assentamento Guaicurus.

Às 18h20 será exibido o filme “Nonna”, uma animação infantil de 10 minuto, indicado para crianças com idade a partir de 10 anos. O filme conta a história da pequena Ana e sua avó, que vivem no campo e sofrem os efeitos provocados pelo uso de agrotóxicos na região. Já adulta, ao reencontrar a velha casa onde viveu sua infância, ela entende que a presença de sua avó ali é transcendental.

Ficha Técnica: Direção – Maria Augusta V. Nunes, Produção –  Novelo Filmes.

Às 18h35 será exibido o filme infantil “O menino Leão e a Menina Coruja”. Uma animação de 10 minutos que mistura o niverso de pessoas-animais. Seres que misturam características humanas com as de outro animal. Quando filhotes, eles precisam estudar na Escola Filhote Selvagem, um lugar onde o aprendizado vai muito além da sala de aula.

Ficha Técnica: Direção – Renan Montenegro.

Às 19h acontecerá uma apresentação musical da artista Thauane Castro, no Assentamento Guaicurus.

Às 19h estará acontecendo no Palco das Artes Cênicas, na Praça da Liberdade, o espetáculo “Plágium”, da Cia Dançurbana.

O espetáculo emerge de uma denúncia de  plágio e de uma reação. Segundo o dicionário  Houaiss, a definição jurídica do termo “plágio”  significa “algo apresentado por alguém, como de sua própria autoria, de trabalho, obra intelectual, etc.  produzido por outrem”. Com o espetáculo Plagium? a  Cia. percebeu que a pesquisa como procedimento de  criação em dança diferencia o que, de início, pode  parecer comum: questões parecidas ou idênticas  podem ser tratadas de maneiras diferentes, depende  de como são percebidas e articuladas.

Plagium? compõe algo singular por meio de  apropriações de espetáculos que já existem, além de  conter reações a toda essa reviravolta que a denúncia  anônima ocasionou. É essa a discussão que Plagium?  levanta: a do que é singular (e aqui já não cabe mais  perguntar-se sobre originalidade) quando o que se  quer é evidenciar o que há de comum com outras  obras?

Às 20h30 a banda Filhos dos Livres, realiza apresentação musical no Palco das Águas, na Rua General Osório com Pilad Rebuá.

Às 21h50 a banda Ira de São Paulo se apresenta no Palco das Águas na Rua General Osório com Pilad Rebuá

ESTANDES PERMANENTES DE QUINTA (25/08) A DOMINGO (28/08)

10h/22h

Espaço Criativo

ARTES VISUAIS MS

Espaço destinado a comercialização de obras de arte de artistas visuais de MS

MODA

Expositores:

Anderson Bosh – Coleção Frida Lídia Kahlo;

Fabio Mauricio (F. M.) – Coleção Balneário Tropical;

Fábio Castro (Touché) – Coleção Recortes Touché;

Ateliê Nair Gavilan – Coleção Rios e Vazantes;

Emília Leal – Coleção Arte Nativa;

Eduardo Alves (Bocaiúva) – Coleção Um Olhar Para o Cerrado;

Fabi Rezek (Mi Corazón) – Coleção Pantanal de Mi Corazón;

Lidiane Lopes (Lidylo) – Coleção Mulher da Fronteira;

Luiz Gugliatto – Coleção Why Not By Gugliatto;

Lauren Cury – Coleção Estampa-se;

Exposição e comercialização de produtos originários de MS nas áreas da moda.

10h/22h

Espaço Criativo

Gastronomia:

Associação de Mulheres Reais do Município de Naviraí;

Associação de Mulher de Itaporã;

De Colher em Colher Cozinha Artesanal;

Exposição e comercialização de produtos originários de Mato Grosso do Sul.

10h/22h

Espaço Criativo

LITERATURA

Estimular uma das pontas da cadeia do livro, leitura e literatura de MS com espaço para livreiros e editores comercializarem seus produtos

Expositores:

Hqcg

Livraria Hámor

Maria Preta Cartonera

Coletivo Tarja Preta

Mara Calvis

10h/22h

O artesanato sul-mato-grossense retrata costumes, tradições e outras referências culturais do Estado. As peças emergem temas referentes ao Pantanal, às populações indígenas, ao intercâmbio cultural favorecido pelas fronteiras com Paraguai e Bolívia e ao movimento migratório de várias partes do País e do mundo. São usadas matérias primas locais, como cerâmica, madeiras, fibras naturais, sementes e cabaças. A comercialização do artesanato de MS, sob a representação de oito entidades do Estado, atenderá municípios como Caarapó, Jardim, Naviraí, Bodoquena, Miranda, Corumbá, Três Lagoas, Campo Grande e Rio Verde.

EXPOSIÇÃO DO ARTESANATO DE MATO GROSSO DO SUL

10h/22h

GALERIA DAS ARTES

A Galeria de Artes Visuais recebe dez obras do acervo do Museu de Arte Contemporânea de MS (MARCO) que retratam o tema do FIB 2022, “Um mergulho no imaginário”

Artistas expositores:

Anelise Flausino Godoy  

Driely Sol Zanato

Eliane Fraulob Mattos

Isabella Beatriz de Abreu

James Vieira Cáceres

Julian Danilo Vargas Cubillos

Márcia Aparecida de Albuquerque

Patrícia Gomes Helney

Walter Antônio Lambert

14h/22h

SABERES INDÍGENAS

Um espaço da troca dos saberes originários das etnias indígenas de MS. Comercialização de artesanatos indígenas e atividades culturais com a participação das etnias de Mato Grosso do Sul

10h/22h

EXPOSIÇÃO DO PROGRAMA DO ARTESANATO CEARENSE

Valorizar o artesanato é valorizar a expressão mais autêntica da cultura, tradição e história cearense. É também incentivar a geração de emprego e renda a partir de saberes tradicionais. Estimular essa política é um trabalho desenvolvido pela Central de Artesanato do Ceará (CeArt), dentro da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS).

17h/20h

ESPAÇO MÃOS QUE CRIAM

Visa propiciar aos visitantes a proximidade com o mestre artesão para um maior conhecimento da produção artesanal e das técnicas e processos produtivos do artesanato brasileiro a fim de fomentar a inclusão social, difusão e valorização da cultura local. O público terá contato com mestres artesãos dos estados do Ceará e Mato Grosso do Sul, além da própria cidade de Bonito (MS), mediante revezamento entre os artesãos previamente selecionados. Será feito um revezamento de 2 horas por dia, em que cada artesão vai demonstrar suas técnicas ao público durante o funcionamento da feira

10h/22h

EXPOSIÇÃO DO ARTESANATO DE BONITO

A riqueza cultural de Bonito está presente nos mais diversos tipos de manifestações artísticas. O artesanato, representa a relação do Homem com sua história e tradição. Através das mãos dos nossos artesãos, simples matérias primas e grandes ideias se transformam em verdadeiras obras de arte, registrando o modo de ser e viver do nosso povo. Com criatividade de sobra e uma grande diversidade de referências, a produção artesanal de Bonito se revela através das mais variadas expressões. Seja no barro, na madeira, nas fibras e palhas ou no couro, o fazer artesanal é um dos grandes patrimônios do povo sul-mato-grossense.

08h/17h

TENDA DA CIDADANIA

A Tenda da Cidadania é um espaço de compartilhamento e divulgação de ações da Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura (SECIC/MS) com prestação de serviços, orientações sobre as políticas públicas afirmativas, rodas de conversa, práticas do Programa Cidadania Viva, agenda das Subsecretarias e presença do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

08h/17h

LOUNGE LITERÁRIO

Espaço compartilhado para Lançamentos Literários, Contação de Histórias e Oficinas Literárias, nomes importantes da literatura de MS participarão desse espaço aberto ao público para conhecer um pouco mais sobre nossos escritores.

LOUNGE DA GASTRONOMIA

Um mergulho no Imaginário, uma referência ao turismo sustentável, a biodiversidade e ao Patrimônio Cultural e Natural. Os pratos apresentados terão na sua composição, ingredientes regionais ligado ao Patrimônio Cultural de MS.

Com objetivo de salientar a importância do modo de fazer, expressar e produzir, inserido não só no contexto de salvaguarda, mas também como atrativo turístico-cultural, a Cozinha Show abordará nas suas preparações ingredientes que estão presentes na região e interligados com o patrimônio imaterial e a construção da nossa identidade sul-mato- grossense.

Um comentário

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s